quinta-feira, 26 de abril de 2012

Ninguém curtiu isso

Eu tinha uma namorada. Eu tinha um orkut meio paradão. Fui cansando dos dois, até que, no mesmo dia, terminei o namoro e excluí o orkut. No rito de passagem para a nova vida, fiz um Facebook. Em um mês, estava viciado. Não em saber da vida dos outros, mas em ganhar "curtir" dos meus amigos.
Tudo que eu comentava tinha que ser irônico e inteligente. Passava o dia procurando coisas legais pro meu mural. Tinha pena de quem postava modinhas só pra ser curtido. Caio Fernando Abreu nunca teve vez no meu Face, e muito menos “minha tia saiu do coma”. Eu queria curtir difíceis. Vasculhava a internet o tempo todo. Olha, o Freud pintado de cor de rosa escrito Pink Freud! Postava e atualizava mil vezes nas horas seguintes. Se ficasse dez minutos preso no trânsito, já pegava o celular pra conectar.
Não tendo tempo pra sair por causa do vício, comecei a me apaixonar por perfis de meninas. Olhava a foto do perfil e imaginava toda a nossa vida de casal feliz, com um labrador e dois filhos. Cutucava. Se ela me adicionasse e eu não gostasse das fotos do álbum, sentia como se ela tivesse me traído com meu irmão. Não me julguem fútil ainda, duvido que hoje em dia alguém não tenha passado por coisa parecida.
Fútil mesmo eu era quando começava a sair com alguém. Assim que possível, tirava uma foto com a guria e publicava. Cheio de ansiedade e de F5, esperava os curtir. Se fossem poucos, já me preocupava. Por que não curtiram? O que ela tem de errado que eu não percebi? Por que no mês passado a foto da Fulana teve muito mais gente curtindo? Com o tempo, criei um sistema de regras. Para ser justo, postava as fotos sempre no mesmo dia da semana e horário, assim teriam um público igual. Só pensava em um futuro com a menina se pelo menos 17 pessoas tivessem curtido, no mínimo 7 homens (eu queria que ela fosse gostosa) e 7 mulheres (queria que ela fosse “fofinha” também). E, o mais importante de tudo, se a minha mãe curtisse, terminava tudo imediatamente, por telefone mesmo.
Quando comecei a me achar patético fiz uma terapia de choque: voltei com a minha ex e pedi pra ela apagar o meu perfil (eu não teria coragem). Hoje vivemos felizes. Mais ou menos felizes. Pela segunda noite seguida ela se negou a fazer sinal de jóinha depois do sexo, e eu venho tendo um sonho recorrente em que tenho um twitter e todo mundo me dá RT. (por Cercadinho)

Nos adicione no MSN >>>  o-cercadinho@hotmail.com 

Dica: Leiam os textos feitos pelo Marcão, histórias marcantes, contadas com realismo. Descreve os fatos de maneira direta, sem receios ou pudores.

24 comentários:

Simey Lopes disse...

Caramba Ibere, a quanto tempo eu não tio tanto quanto lendo esse texto, muito bom cara, muito bom mesmo.

Tchu disse...

Mas eu quero tchu eu quero tcha eu quero tchu tcha tchu tcha

Anônimo disse...

Dança da motinha, dança da motinha............

Stela disse...

Ola garotos
Ando sumida né? Eu sei...compromissos me impedem de comentar...hehehe
Parabens ao Cercadinho, fazia tempo que nao lia um texto tao legal. Nao vao colocar o nome do autor pra gnt elogiar?? hehehe...ciumentinhos!!
Bjs a todos e um especial pro Ibere queridão....hehehe

O Cercadinho disse...

Simey, grato pelos elogios ao texto.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Tchu, boa sorte.

abs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Stela, valeu por ter voltado, sabe é especial aqui no Cercadinho. Gostamos muito de contar com tua presença neste espaço.

bjs
(por Iberê)

Aline V. Melo disse...

hauhauahuahu....gostei muito do texto...principalmente do final!

=)

Beijão...saudades de passar por aqui

Ludi disse...

Ola Iberê e Marcão, estou passando aqui em nome das meninas do meu blog pra fazer um convite, que se encontra no nosso último post: http://mulhergratisateas23.blogspot.com.br/2012/04/por-hoje-sorria.html

Se quiserem participar vamos ficar muito contentes :D
bjoss da Mulherada do "Mulher Grátis até as 23h"

Sorry i cant fly... disse...

O vício é uma merda viu...rs
Voltando sempre para apetecer-me com os devaneios desse Cercadinho pitoresco...rs ;)

O Cercadinho disse...

Aline V. Melo, grato ao elogio do texto, volta aqui mais seguido também sentimos tua falta neste espaço.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Ludi, vou dar uma olhada e comentar com o Marcão sobre o convite.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Sorry i cant fly, venha sempre aqui, sempre será bem recebida.

bjs
(por Iberê)

Srtª Encalhada Encalhada disse...

O Blog da Encalhada está comemorando 3 anos! Mas como o seu Blog também é MARA, quem ganha o presente é você! Tem um selo especial para o seu Blog te esperando: http://blogdaencalhada.blogspot.com.br/2012/05/blogdaencalhada3anos-3-anos-de-blog-da.html

Claudiane Sousa disse...

Altamente cibernético! Meio bobo, meio descontraído, interessante! Passando para uma visita!

O Cercadinho disse...

Srtª Encalhada Encalhada, parabéns pelo aniversário do teu blog e grato pelos elogios. Aqui entre idas e vindas, vai seguindo O Cercadinho.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Claudiane Sousa, seja bem recebida no cercadinho. Pode vir sempre aqui.

bjs
(por Iberê)

Sônia disse...

kkkkkkkk!!! O mal do século não é a solidão, é o facebook! rs...

Anônimo disse...

Broxei.

Lia disse...

achei interessante e engraçadinho te dei um joinha e mandei pro meu mural do face....vamos ver se la ganha alguns curtir....

Letras Tortas disse...

depois de um bom tempo sem passar por aki, riii litros com esse texto!

muiiito bom!

aliás, gostei não: CURTI!

O Cercadinho disse...

Sônia, talvez seja isso mesmo.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Lia, curti o teu joinha.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Letras Tortas, não suma, fica aqui, afinal O Cercadinho voltou.

bjs
(por Iberê)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...