terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Sem beijos e tiro teu sono

Tenta enganar, fingir não perceber, disfarçar, porém estou nos teus pensamentos. Impossível ficar um dia sem contatos e conversas. Estranho, confuso, inusitado, talvez nem dê em nada, mas a história já começou. Sei posso estar exagerando, mas o botão de F5 foi apertado e vida afetiva atualizada.
Surto, deliro, escrevo bobagem, no entanto tento nestas linhas relatar um caso real. Segurem os risos, sentem nos sofás, Iberê até sofre por amor. Sim, confesso tive queridas de todos os tipos, mas uma em especial agita minha alma e sonhos.
Ciúmes, sentimento banal, perto do afeto. Prefiro delirar, criar devaneios e quem sabe, talvez consiga alterar a lógica. No momento, apenas uma conversa e só. Uma frase feita quando estava em estado peixinho dourado (memória por trinta segundos), sou parecido porém genial neste tempo. Chega de balela a frase para fechar o texto. As primeiras ações, depois segundas intenções. (por Iberê)

Nos adicione no MSN >>>  o-cercadinho@hotmail.com 
Dica: Leiam os textos feitos pelo Marcão, histórias marcantes, contadas com realismo. Descreve os fatos de maneira direta, sem receios ou pudores.

7 comentários:

AquilesMarchel disse...

todo sentimentalismo é banal
nenhum sentimentalismo é banal

saca?

Sara disse...

Hummmm, cuidado com frases feitas...resultado: respostas prontas!!

Bjus

O Cercadinho disse...

Aquiles, tento escapar do banal.

abs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Sara, sim chavôes são o par ideal de frases feitas.

Bjs
(por Iberê)

Simey Lopes disse...

sou o tipo: crio frases na hora, invento respostas improvisadas, de no que de, melhor que chavões e atitudes previsiveis.
ja a memória peixinho dourado, as vezes até que faz bem. rs

Caroll disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Caroll disse...

Iberê,
Saudades dos teus textos!! =)
Como sempre,adoro!
Bjs querido

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...