terça-feira, 31 de janeiro de 2012

As gurias do pensionato - Parte I

Tudo começou com uma rodada de pizza na casa do Cebola. Eu e Iberê servíamos para as queridas, além da pizza, muita caipirinha. Uma delas estava tocando violão, fato que me despertou atenção. Cheguei perto e fiquei observando, totalmente mal intencionado.

- Toca violão também? (perguntou-me a querida)

- Toco, respondi.

Falei aquilo por um impulso, visto que não toco nada além da punheta. Gostei dela: baixinha, gordinha, cara de safada. Fui pra cima e levei. Enquanto Iberê rasgava uma loirinha e enchia todo mundo de cachaça, eu tentava arrastá-la para um dos cômodos da casa. Lembro que tinha uma guria escrota, ficava arrotando, uma loirinha gata e outra loira mais madura, fora a violeira. Peraí! Cadê o Cebola?
Não sei se as leitoras perceberam, mas não citei o nome dele nessa aventura. Até então ele havia entrado só com a casa, porém...
Cebola sai do seu quarto um tanto ofegante, se dirige até a cozinha e pega um copo com água. Sem dar muita conversa, pega um pedaço de pizza e volta para o quarto. Ninguém entendeu o motivo pelo qual o anfitrião se isolava daquela forma. Vários comentários surgiram entre as convidadas, porém ninguém imaginava o que estava por vir: após um período de mais ou menos 30 minutos, Cebola sai do quarto acompanhado de uma bela mulata, gostosa, cara de piriguete. Ainda me lembro da cara de espanto das freirinhas:
- Quem é ela? É a namorada dele, perguntou uma delas.

- Deve ser uma prostituta, exclamou outra.

Enfim, era uma estranha, não pertencia ao grupinho delas.

- O Cebola não tinha o direito de fazer isto! (foi o que ouvi).

Na verdade nós é que não tínhamos o direito de estarmos lá, visto que decidimos comer pizza na casa dele sem avisá-lo. Quase empatamos a foda do meu amigo. A louca era o resultado da festa do final de semana anterior (ver o post “sovando pão”).

As queridas se sentiram traídas e resolveram ir embora dali (isto foi em um sábado). No domingo à noite a loirinha gata me liga e se identifica. Começou a falar da noite anterior. Senti-me empolgado, vislumbrando a possibilidade de pegar aquele corpinho...
Não era isso. Ela disse que a amiga dela estava a fim de sair comigo. Fui até o pensionato de carro, entrei até certo ponto (o pensionato tinha regras rígidas), vi que algumas estavam bêbadas e que a festinha estava boa. Saímos de carro e, após alguns minutos rodando por lugares pouco movimentados, estacionei no pátio de uma lanchonete e fiz tudo o que pude em cima dos bancos. Usei e abusei. Às vezes acho que sou tarado, outras vezes tenho certeza.

Combinamos de marcar uma jantinha no ap. de uma amiga das gurias, fato até hoje lembrado quando enxergo uma melancia, mas isso é uma outra estória...
Um beijo carinhoso e uma mordidinha no pescoço. (por Marcão)

10 comentários:

Universo das Palavras disse...

hahahahahaha Adorei meninos... Acessarei sempre o blog de vocês, estou lhes seguindo também!!

Ah! Obrigada pela visita no meu blog no outro dia!!! =) Acessem sempre que quiserem... Até a próxima!!!

Menina Mulher disse...

É por isso que sempre fico ansiosa para ler os textos do Marcão, sempre intensos apenas em palavras rsrsrs. Mais eu esperava que ia rolar uma orgia com as meninas do pensionato hehehehe, também minha mente pervertida não tem limites rs.

Beijos ardentes

Aline V. Melo disse...

rsrsrsrs... o melhor foi elas terem se sentido traídas, como se fossesm donas do moço né?

Sempre dou umas risadas por aqui!

=)

Besos

Ludi disse...

VOLTEEEEIIIII!!! hauahuahau saudades da net heim...huaahuah

Post engraçado (me chamou atenção vc dizer que a menina tinha cara de safada, ando pensando nisso esses dias...me disseram q eu tinha cara de safada...qual o critério q os homens tem p dizer que alguém tem essa cara?? ahaahu --eu heim)!

Foi-se o tempo em que fazia festas na casa dos outros sem dizer nada pro dono, até q fizeram isso na minha casa e eu n curti ahuahaa, aprendi a lição!!! ahuahuaau

bjossss meninos!!
Dona Ludi vos aguarda la no Mulher Grátis até as 23h!!!

O Cercadinho disse...

Ludi: você realmente tem cara de safada, isso mexe com a minha imaginação...
Beijos!
(por Marcão)

Menina Mulher disse...

E ai meninos como anda aquele concurso sabe das calcinhas. Vai pra frente ou vocês vão tirar de nos enrolar agora hehehehe...

Beijos a todos

Sara disse...

Bom texto Marcão, cara de safada hein!! rsss
Curiosidade: E o Cebola? Cadê o texto dele??

O Cercadinho disse...

Menina, sendo franco, tivemos baixas, vamos aos poucos retomando a rotina, continue por aqui.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Menina, sendo franco, tivemos baixas, vamos aos poucos retomando a rotina, continue por aqui.

bjs
(por Iberê)

Ludi disse...

eeeeiiii eu n tenho cara de safada n!!! =\

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...