terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Mulher da minha vida

Pode ser estranho, confuso, inusitado, mas o título deste texto, acaba sendo uma frase comum, banal e quase chavão em cada final de relação afetiva. Olham com expressão dupla, raiva e indignação, falam direto, vai perder a mulher da tua vida. Escuto aquilo sem remorso, pena ou piedade, apenas o momento de seguir.
Sabe fico questionamento, qual necessidade de utilizar um recurso apelativo, fraco e superficial. Um relacionamento, quando afeto acaba e vira rotina, chegou no limite possível tolerável. Portanto única alternativa suspender contato e evitar atrito. Vejo de maneira tão simples o rompimento, talvez possa parecer um pouco cruel, seco, direto e passar uma sensação equivocada de desumano. Porém preferível ser sincero, honesto, franco, a mentir e continuar. Chato, ninguém quer terminar um contato afetivo, mas pior forçar nas palavras, alterar a lógica do final e tentar ir levando. Até acontece por comodismo, desculpas e receios, vidas distantes da felicidade e juntas, porém sem contato. Olhos apagados, ausência de emoção no olhar, tristes denunciam a continuidade do marasmo.
Delírio, alucinação, devaneio, procuro a triologia básica: sinceridade, realismo e felicidade. Quero expressão e movimento, olhos vibrando, coração saltitante e mãos frenéticas. Acordar ao lado e sonhos coletivos, neste caso, a certeza estou com a mulher da minha vida. (por Iberê)

34 comentários:

DESIRE disse...

Que bom é sentir-nos dessa forma!
Beijos prometidos

Anônimo disse...

Outro txt dengosinho do iberê. pqpariu. Muda o disco, rapaz........

Camila Góes disse...

Quem dera que todos os homens pensassem assim...
Bjos.

Aline V. Melo disse...

Concordo com vc Iberê, nesse ponto sou bastante prática... se não dá mais pra continuar não dá e ponto final... essa coisa de tentar apelar não tá com nada!

=)

Beijinhos

Artemisele disse...

Talvez nem tenha achado interessantes meus posts e sim escrito pra divulgar o seu, rs.
Vim espiar. Penso serem tds um só autor e suas várias personas... Estarei eu fixada em Fernando Pessoa (me identifiquei c/ a mulher c/conteúdo)?
A maioria dos textos fez a feminista que mora em mim rosnar. Porém, arrisco um palpite: sendo um só ou cinco escritores os textos só tentam camuflar(ou nem tentam) quem só pensa no amor.

Kinha disse...

você tem razão: ninguém quer ser o "vilão" que termina o relacionamento. Fica a tarefa sempre pro mais corajoso... ou mais insatisfeito.

Isabelita @novamodaemdstq disse...

Coloca esse texto para todos os homens! =)

Adorei o espaço.

www.novamodaemdestaque.com

Criiss disse...

"Quero expressão e movimento, olhos vibrando, coração saltitante e mãos frenéticas. Acordar ao lado e sonhos coletivos, neste caso, a certeza estou com a mulher da minha vida."

Para ter tdo isso vc precisa fazer acontecer!
bjos

Carol disse...

Já estou seguindo "O Cercadinho" *-*

Segue de volta tb?
BEIJO!

Audrey Andrade disse...

Iberê, você é tão... "fofo"!

Bacana o texto! As relações dever ser assim mesmo, com entusiasmo!

Meu carinho!
http://pequenocaminho.blogspot.com

O Cercadinho disse...

Deisre, uma relação afetiva só tem sentido desta forma.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Anônimo, mudo, mas acabo voltando, afinal escrevo em todos os estilos ou tento.

abs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Camila, mulheres também poderiam pensar desta maneira, na verdade os dois seria tão mais fácil.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Aline, tem razão forçar uma situação para continuar, nunca vale a pena.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Artemisele, temos buscado leitoras de nível, foi encontrada não por acaso, mas na nossa pesquisa. Somos 5 amigos, mas nenhum escritor, apenas contamos relatos e fatos. Assim querida, já veio até aqui, fica então no Cercadinho.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Kinha, vilão palavra um pouco forte, pois até pode parecer o ruim, porém melhor partir, a mentir.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Isabelita, grato aos elogios ao Cercadinho, querida se gostou tanto, nos segue, será um prazer. Outra coisa, temos textos diários por aqui.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Isabelita, grato aos elogios ao Cercadinho, querida se gostou tanto, nos segue, será um prazer. Outra coisa, temos textos diários por aqui.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Criss, em relação nada vem de graça, as pessoas precisam buscar a conquista. Concordo com tuas palavras, tem razão.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Carol, valeu por estar nos seguindo. Porém quero também, te ver aqui interagindo, temos textos diários.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Audrey, pois é não consigo escapar do estilo algodão doce, até faço um texto de outro formato, mas acabo voltando para os afetivos.

bjs
(por Iberê)

Ludi disse...

Pois é... foi num tapa violento do comodismo, tanto meu qto de quem estava "ao meu lado" q aprendi (NA MARRA) a ser assim também. Desapego e não há outra fórmula melhor pra felicidade!
Também aderi a esse tipo de "filosofia" ano passado... se não for pra ser feliz, eu largo. Se não for sentir paixão, não vejo sentido! Sou movida a paixões fortes, sorrisos, frio na barriga, sonhos, sensação de estar pirando de alegria... marasmo não move!! E mudança significa liberdade...

(ih, fui longe agora, chega se não fica gigante o comentário!) - gostei do fim do texto! :D
bjoss

http://mulhergratisateas23.blogspot.com/

CYWMARA WADISQUY disse...

wont....ADOREIIII O CANTINHOO VISSE...tbm estou a procura do HOMEM DA MINHA VIDA...mas essas idealizações de um grande amor puro e verdadeiro e ainda por sima engraçado e que me complete e eme entenda! SABE TÔ PERDENDO AS ESPERANÇAS rsr...

XEROOOOOO GRANDEEEE

O Cercadinho disse...

Ludi, tem razão marasmo, não serve para emoções, melhor buscar algo real com sensação, sem essa de ficar conformada em determinada relação

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Cywmara, querida não existe um homem da tua vida, na verdade basta parar de procurar e vai encontrar vários. A escolha é livre, qualquer um dos candidatos pode se tornar o homem da tua vida.

bjs
(por Iberê)

Simey Lopes disse...

Isso ai, acho que ja conehce metade do que eu poderia comentar. Mas sei lá, penso igual a você, melhor a verdade do que o comodismo. Prefiro que digam que não querem mais, até pq n vou segurar ninguem do meu lado que não queira estar comigo, do que me deixar pensar que quer.
Nunca intendi o pq as pessoas tem necessidade em mentir e desmanchar relacionamentos da pior maneira, se a mais simples e bem melhor pra todos.

Luiza disse...

Oi Iberê!
Gosto dos teus textos. Não que não goste dos outros quatro autores, mas prefiro o teu estilo! Pelo que vi vc se define como "seco, objetivo e um pouco bagual, com sentimentos", Objetivo, com certeza; seco, talvez; mas um pouco bagual, não acho. Você escreve o que pensa e só!
Obrigada pela vista ao meu blog! E sempre que puderes dá uma passadinha por lá!
Bj
Luiza
tapetesetrilhas.blogspot.com

O Cercadinho disse...

Simey, verdade sempre deve ser dita, não tem outra alternativa viável para felicidade.

bjs
(por Iberê)

O Cercadinho disse...

Luiza, obrigado por gostar dos meus textos, fico comovido em alguém curtir de fato meu estilo. Corto, simplifico, evito o desnecessário, acabo sendo direto e objetivo. Porém sempre coloco minha opinião, como percebeu com inteligência.

bjs
(por Iberê)

Caroll disse...

Iberê,
Adoro seus textos!
Sou a favor da sinceridade e de certa praticidade em relacionamento.Pode doer, mas antes a verdade do que uma ilusão.
Todo final de relacionamento é triste, chato,mas passa o tempo e ficam apenas lembranças...
Bjs pra vc querido! =)

O Cercadinho disse...

Caroll, grato pelo elogio, dica leia no arquivo o meu texto Lembranças ficam.

bjs
(por Iberê)

Juliana Borges de Almeida disse...

POis eh, quando o brilho no olhar acaba, a vontade de estar junto, o frio na barriga...isso tudo é um sinal de que está na hora de acabar...acho q estou passando por um momento assim, só não tenho coragem de enxergar.

Marina Sena disse...

Oi!
Acredito que o título se torna banal, por muitos usarem a expressão sem "necessidade".
Mas quando dito com sinceridade, não há nada de estranho ou confuso!
Quero ser mais prática e sem rodeios, acho que assim tudo pode se tornar mais fácil.
Adorei o post, e espero que tenham sobrado boas lembranças...

Daniele disse...

Infelizmente sempre um termina a relaão gostando mais que o outro... Se você sempre teve a sorte de ser a que a acaba sem sentir mais nada: parabéns!
Acho que essa é a melhor maneira de se terminar "quando 1 não quer, 2 não brigam!" e assim vc segue sua vida e deixa ela seguir a dela sem dar margem a interpretações esperançosas.
Bjks
Dani
http://maggnificas.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...